Domingo, 22 de Maio de 2022 20:19
22 99890-3597
Geral Petrópolis

Corpo de Bombeiros do RJ descobre que estoque de pás, galochas e capacetes está zerado e manda comprar itens básicos com urgência

Pedido foi feito pelo diretor-geral de Apoio Logístico, na quinta-feira (17). O g1 questionou o Corpo de Bombeiros neste sábado (19) sobre a falta de recursos, mas ainda não teve resposta.

19/02/2022 12h14
57
Por: Redação Fonte: G1
Corpo de Bombeiros do RJ descobre que estoque de pás, galochas e capacetes está zerado e manda comprar itens básicos com urgência

Um documento interno do Corpo de Bombeiros revela a falta de materiais para a atuação dos militares no resgate a vítimas do temporal em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

Na quinta-feira (17), o diretor-geral de Apoio Logístico, Márcio Luís Silva Inocêncio, pediu a compra dos equipamentos de salvamento. Entre os pedidos estão galochas, capacetes, luvas, lanternas, enxadas, pás e baldes.

O pedido foi feito em caráter “emergencial”, “em virtude da decretação do Estado de Calamidade Pública provocado pelas fortes precipitações ocorridas em toda região, e que tem sido repercutido ostensivamente pelos meios de comunicação”, diz o texto.

Na sexta-feira (18), a corporação informou que abasteceu “a operação de buscas a vítimas das chuvas em Petrópolis com equipamentos de proteção individual para reforçar as operações. São capacetes, luvas, lanternas, óculos, entre outros”.

A força e a obstinação chamavam atenção e indicavam que ele tinha parentes ali. Mas na verdade, Rafael sequer conhece pessoas na localidade. Ele simplesmente se comoveu com a dor de quem perdeu tudo e foi tentar achar corpos.

"Não tenho parente ali não. Sou voluntário. E estou ali porque o cheiro está forte. Tenho certeza que tem alguém ali. O coração tá queimando dizendo que tem alguém ali", disse o voluntário.

Outra cena marcante da tragédia foi a de Gizelia de Oliveira Carminate, de 36 anos, usando uma enxada para cavar a lama e tentar encontrar parentes soterrados 

Na quarta-feira (16), a agonia se transformou em dor: a moradora de Juiz de Fora (MG) recebeu a confirmação de que a filha, Maria Eduarda Carminate de Carvalho, de 17 anos, tinha tido o corpo reconhecido.

O DIA DE BUSCA

Este sábado é o quinto dia de buscas ligadas à tragédia, que até a manhã deste sábado deixou 137 mortos, mais de 200 desaparecidos e 967 pessoas desabrigadas. Segundo a Secretaria Estadual de Defesa Civil, 24 pessoas foram resgatadas com vida.

As equipes do Corpo de Bombeiros se dividem em três áreas principais — os setores Alfa, Bravo e Charlie, que abrangem regiões como o Morro da Oficina, a Rua Teresa, o Alto da Serra, a Chácara Flora, a Vila Felipe, Caxambu e localidades vizinhas. O posto de Comando Central está localizado no 15º Grupamento de Petrópolis. Para este sábado, a previsão é de que chova ao longo dia. O Climatempo tempo prevê que o dia deve ser de sol, com muitas nuvens e com períodos nublados, com chuva a qualquer hora. O volume de precipitação pode chegar a 22 milímetros ao longo do dia.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (23/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Terça (24/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio