Domingo, 22 de Maio de 2022 21:22
22 99890-3597
Geral Macaé

O governo do estado investiu cerca de R$30 milhões no município para construção da ponte

A previsão de conclusão é de 12 meses. O prefeito Welberth Rezende esteve no local nesta quarta-feira (2) e falou sobre a importância do projeto

02/02/2022 21h21
44
Por: Redação Fonte: Prefeitura Macaé
O governo do estado investiu cerca de R$30 milhões no município para construção da ponte

As obras de construção da nova Ponte do Baião começaram na última segunda-feira (31). Interditada há cerca de dois anos, a estrutura, que hoje conta com três metros de largura, passará a ter 12 metros e 80 centímetros. A previsão de conclusão é de 12 meses. O prefeito Welberth Rezende esteve no local nesta quarta-feira (2) e falou sobre a importância do projeto, já que a ponte é a principal via de acesso dos moradores da região da Bicuda à rodovia BR 101.

“Inaugurada em 1946, a construção da nova Ponte do Baião é uma luta antiga, que começou quando eu era deputado estadual. O governo do estado investiu cerca de R$30 milhões no município para construção da ponte e, por isso, eu só tenho a agradecer. Vamos poder contar com uma estrutura totalmente renovada, o que vai facilitar a vida da população e melhorar o tráfego da região", destacou Welberth.

De acordo com o engenheiro residente da 7ª ROC, do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER-RJ), Braz Povoleri, a superestrutura da Ponte do Baião será construída em concreto estendido pelo processo dos balanços sucessivos. O método é baseado na concretagem “in loco” de segmentos, denominados aduelas, com comprimentos entre 3,75m e 4,25m.

As aduelas - estruturas pré-fabricadas de concreto armado de dimensões mínimas, porém calculadas - serão construídas sequencialmente a partir dos pilares, permitindo que o vão central sobre o rio Macaé, com 75 metros, seja inteiramente construído sem escoramentos diretos na seção hidráulica. O comprimento total previsto para a ponte é de 125 metros.

“A tecnologia empenhada na ponte tem durabilidade de, no mínimo, 50 anos. A estrutura vai contar com mão dupla e, também, vão livre, o que permite o Rio Macaé seguir o curso normalmente sem que a ponte precise fechar por problemas de inundação, por exemplo”, observou o engenheiro Braz.

O engenheiro ainda destaca que o método dos balanços sucessivos foi originalmente concebido pelo engenheiro brasileiro Emílio Baumgart (1889-1943) para a construção da Ponte do Herval, sobre o Rio de Peixe, entre as cidades de Herval D’Oeste e Joaçaba, em Santa Catarina, inaugurada em 1946, a Ponte do Baião.

Também estiveram presentes na visita o secretário de Interior, Rodrigo Viana; representantes do Legislativo, Tico Jardim e George Jardim; além do assessor regional da Secretaria Estadual das Cidades, Adriano José Matos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (23/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Terça (24/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio