Equipes trabalharam à noite para executar o trabalho, concluído em cerca de 12 horas.

Um caminhão-tanque carregado com 25 mil litros de um material para fazer asfalto tombou na manhã desta quarta-feira (14) no bairro São Marcos, em Macaé, no Norte Fluminense.

O caminhão estava subindo Alameda Tenente Célio, quando perdeu a força e a parte traseira se soltou. O tanque ficou atravessado na rua e interditou completamente o trânsito. O caminhoneiro não ficou ferido.

Uma força-tarefa do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Defesa Civil foi montada para remover o caminhão. Eles trabalharam à noite para executar o trabalho, concluído em cerca de 12 horas.

Parte da limpeza ocorreu na manhã desta quinta-feira (15), pois preciso jogar pó de brita para conter o material. A remoção do composto também exigiu esforços das equipes, sendo que uma das dificuldades foi conseguir colocar o óleo que endureceu com o pó de brita dentro da pá do trator, onde parte do material foi colocada manualmente.

No momento do acidente, dois carros de passeio trafegavam atrás da carreta e, quando o tanque se soltou, os veículos fizeram manobras para evitar a colisão, por sorte ninguém ficou ferido.

Bombeiros do quartel de Macaé, com apoio do Grupamento de Operações com Produtos Perigosos (GOPP) e do Grupamento de Operações Aéreas (GOA), sobrevoaram de helicóptero para avaliar o estrago.

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) informou, por meio de nota que uma equipe está acompanhando a área e que, até o momento, não foi constatado dano ambiental.

Os técnicos da autarquia ambiental monitoram o local, e também os trabalhos de contenção e de retirada do produto realizados pela empresa responsável pelo caminhão-tanque.

Na forma líquida, o material tinha risco de ir para as galerias de águas pluviais e contaminar a água e uma lagoa que fica perto do local. As galerias da rua foram isoladas para evitar a contaminação. A empresa responsável pelo caminhão foi acionada para retirar o veículo.

Fonte:15/10/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui