Começou nesta segunda-feira, 10, o prazo para que mais um grupo de beneficiários do auxílio emergencial possa comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal e solicitar o desbloqueio do aplicativo Caixa Tem.

Muitos usuários tiveram o acesso bloqueado no mês de julho devido a suspeita de fraude, já que hackers invadiram a plataforma para desviar os pagamentos do benefício. Assim, o banco solicitou que as pessoas procurassem as agências da Caixa para comprovar que não há irregularidade.

Com a grande demanda nas agências devido ao pagamento do auxílio emergencial, a Caixa definiu um calendário específico para os usuários que precisam regularizar o aplicativo, a fim de evitar aglomerações. Nesta semana, é a vez dos beneficiários nascidos em agosto, setembro e outubro solicitarem o desbloqueio do Caixa Tem.

Calendário para o desbloqueio do Caixa Tem

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, informou que os usuários devem procurar uma agência somente nas datas estabelecidas. Quem comparecer fora desse período para solicitar o desbloqueio não será atendido.

Por isso, é importante estar atento ao calendário para o desbloqueio do Caixa Tem, que foi definido conforme o mês de nascimento do beneficiário. Confira a seguir:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro e março – Até 24 de julho
  • Nascidos em abril e maio – 27 a 31 de julho
  • Nascidos em junho e julho – 03 a 07 de agosto
  • Nascidos em agosto, setembro e outubro – 10 a 14 de agosto
  • Nascidos em novembro e dezembro – 17 a 21 de agosto

Vale ressaltar que, neste primeiro momento, serão atendidos somente os beneficiários que receberam o auxílio emergencial no ciclo 1 de pagamentos.

Calendário também é válido para quem recebe outros benefícios emergenciais

A poupança social digital Caixa Tem também é utilizada para depositar os valores referentes ao saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e ao Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm).

Assim, além do auxílio emergencial, o calendário também é válido para quem recebe algum desses benefícios e está com problemas para acessar o aplicativo. Para regularizar o acesso ao Caixa Tem, o usuário deve comparecer a uma agência do banco, levando um documento de identificação para comprovar a titularidade da conta.

Uma vez desbloqueado, o beneficiário poderá utilizar o aplicativo normalmente para transferir dinheiro, pagar boletos e fazer compras com o cartão de débito virtual ou QR Code.

Fonte: 11/08/2020 concurso Brasil

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui