O Portal dos Procurados divulga nesta sexta-feira, dia 30/07, cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios da Capital – DH – com informações que levem a localização e a prisão de Geovani Lameira Antônio, de 27 anos e Rafael Cardoso Valle, de 31. Eles são os principais suspeitos de envolvimento na morte de Beatriz Schunk Mendes, de 18 anos, morta em fevereiro do ano passado, no Morro do Urubu, em Piedade, na Zona Norte do Rio. Os dois são ligados ao tráfico de droga do Morro do Engenho, da facção Comando Vermelho, e são considerados foragidos da Justiça.

Beatriz foi assassinada na madrugada da segunda-feira (25), em um bar próximo ao Morro do Urubu, em Piedade. Ela foi até a comunidade com amigas para um bar depois de um bloco de pré-carnavalesco.  O crime aconteceu em uma das entradas do morro localizado na Rua Luís Vargas.  

Investigações apontaram que um carro, com integrantes da facção rival ao Morro do Urubu (TCP), parou e atirou contra o grupo que estava no bar. Beatriz foi atingida no tórax e acabou morrendo no local.

À época a Divisão de Homicídios (DH / Capital) esteve no local do crime  para verificar as circunstâncias da morte de Beatriz Schunck. A perícia  foi realizada e testemunhas foram ouvidas. Diligências buscaram imagens de câmeras de segurança e informações que poderiam levar a autoria do crime.

E após intensa investigação, agentes da especializada, chegaram até os autores do crime. E em decisão exarada pela Justiça, a pedido da Autoridade Policial da Delegacia de Homicídios da Capital, Delegado Titular Drº Daniel Rosas, foi expedido um mandado de prisão, pela 2ª Vara Criminal da Capital, Nº do Mandado de Prisão: 0164770-41.2019.8.19.0001.01.0001-02, pelo crime de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º – CP), I E IV; Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 – Lei 11.343/06) N/F Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 – Cp), ART.29 N/F Concurso Material (Art. 69 – Cp), com pedido de Prisão Preventiva, contra os acusado Geovani Lameira e Rafael Cardoso, com validade até 2039.

Eles também são procurados, pelo crime de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º – CP), processo expedido pela 1ª Vara Criminal da Capital, porque no dia 02 de fevereiro de 2020, D.F.S, foi vítima de disparos de arma de fogo, sendo seu corpo colocado no porta-malas do automóvel Fiat Linea, e ateado fogo no referido veículo. Restou apurado que as circunstâncias motivadoras do crime foram nutridas pelos integrantes do tráfico do Morro do Urubu de ser a vítima, suspeita de ser informante de organização criminosa rival e passar informações sobre o tráfico do Morro do Urubu, 

Contra Geovani consta ainda um mandado de prisão, pelo crime de Homicídio e Tráfico de drogas, e em desfavor de Rafael um mandado pelo crime de Posse Ou Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito e Outros (Art. 16 – Lei 10.826/03).

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Geovani e Rafael, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procuradosrj/, pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177 , ou pelo Aplicativo para celular – Disque Denúncia e também pelos aplicativos: https://twitter.com/PProcurados, e https://www.instagram.com/portal.dos.procurados, e em todos os casos  O Anonimato é garantido.

Todas as informações serão encaminhadas para Delegacia de Homicídios da Capital, que está encarregada do caso da jovem Beatriz Schunk Mendes.

Atualizado 31/07/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui