Um setor municipal de Rio das Ostras que ganhou muitos avanços nos últimos dois anos foi a Assistência Social. No dia 17 de julho a atual Administração Pública celebrou 24 meses de gestão e grandes feitos com destaques para as inaugurações do Centro Especializado de Atendimento a Mulher – Ceam – e do imóvel próprio da Casa do Sorriso. Neste período, o Município reativou benefícios de transferência de renda que contemplam mais de mil cidadãos por meio do cartão digital.

Entre dezenas de avanços vale destacar a ampliação do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; a reforma e ampliação de diversas unidades de atendimento à população; a inauguração do Centro Integrado de Convivência – Aprendiz de Futuro e do Centro de Valorização da Vida.

CEAM – O Ceam é o Centro Especializado de Atendimento à Mulher e oferece de forma gratuita, serviços que podem contribuir com o enfrentamento da violência doméstica, familiar e de gênero. No local são oferecidos atendimentos social, psicológico e jurídico.

No Ceam são desenvolvidas ainda atividades e ações como palestras, cursos, capacitação e oficinas, visando o fortalecimento e o resgate da cidadania das mulheres vítimas de violência. Também exerce o papel articulador junto à rede de atendimento para assegurar o acompanhamento e o acolhimento necessários à superação da situação de violência. Cria mecanismo para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

CASA DO SORRISO – Com o novo imóvel, mais arejado e aconchegante, a Casa do Sorriso, por meio Secretaria de Bem-Estar Social, pode acolher quase 30 pessoas em situação de rua. O local possui cinco quartos, cozinha, três banheiros, salas de administração e reunião e área externa com jardim.

CIC – A Administração Municipal inaugurou mais uma unidade do Centro Integrado de Convivência. Com o nome Aprendiz de Futuro, o espaço começou atender mais 80 crianças e jovens no Praia Âncora.

O CIC tem por finalidade o desenvolvimento de ações para superação das situações que geram vulnerabilidade social. Ele promove ações que desenvolvem a socialização, o exercício da cidadania, valorização da vida escolar e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

BENEFÍCIOS – Garantia de direitos para pessoas menos favorecidas também faz parte da construção da cidadania em Rio das Ostras. Em dois anos de gestão, a Administração Municipal reativou benefícios de transferência de renda. Mais de mil cidadãos estão inseridos nos seguintes programas: Feliz Idade (para pessoas idosas), Vencendo Barreiras (para pessoas com deficiência e doenças crônicas), além do novo Benefício Municipal Social Familiar.

Todas as famílias que têm direito aos cartões estão cadastradas no CadÚnico. Os benefícios destinados a idosos e pessoas com deficiência foram retomados pela Administração Municipal e refere-se ao público que tem acompanhamento nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social – Cras e renda inferior a um salário mínimo. O repasse de ambos será de R$310,00.

Já o benefício Social Familiar é novo e foi criado nesta gestão para atender famílias em situação de vulnerabilidade social, que também estão cadastradas no Cadúnico. O valor desse benefício é de R$150,00.

A secretária de Bem-Estar Social de Rio das Ostras, Eliara Fialho, disse que a retomada dos benefícios com a política de transferência de renda e a criação de um novo benefício para atender famílias menos favorecidas vai proporcionar mais acesso a direitos, qualidade de vida e também movimentar o comércio local, lembrando que o benefício só pode ser utilizado dentro da família.

“Com esse benefício, a família pode adquirir gás de cozinha, gêneros alimentícios, itens de higiene pessoal e até medicamentos. É uma forma de dar mais segurança, dignidade e autonomia para essas pessoas. Nossa preocupação nestes dois anos foi fortalecer e valorizar a política de assistência social do de Rio das Ostras”, concluiu Eliara.

Para Alexandre da Silva Machado, de 45 anos, que é cadeirante, a retomada dos benefícios traz uma alegria imensa para muitas pessoas.

“Moro sozinho e participo do projeto desde o início. Estava torcendo para ter o benefício de volta. Estou satisfeito com esse apoio do Município, pois é uma ajuda muito boa para as despesas que tenho em casa”, ressaltou Alexandre.

NÚMEROS – Em junho de 2018 eram atendidos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 1165 pessoas. Em dezembro de 2019 os números subiram para 1795, cerca de 54% de aumentos.

REFORMAS E MELHORIAS – Entre as reformas e melhorias em unidades da Secretaria de Assistência Social estão amelhoria nas instalações do Centro de Referência de Assistência Social Central (construção de 3 salas); Reforma das Casas da Criança de Cidade Praiana, Liberdade, Rocha Leão e Praia Âncora; Instalação do parquinho e manutenção geral do Abrigo Municipal. Reforma do Centro Integrado de Convivência Dr. Gilberto Sobral Barcellos – CIC I.

OUTRAS AÇÕES – Também vale destacar a informatização do atendimento do Cadastro Único nos Cras; a ampliação das oficinas culturais; implantação do projeto Jovem Alerta em parceria com o CIEE – Projeto Um Bem Maior; implantação do Centro Municipal de Inclusão Digital – CMID no Cras Sul; Curso de Empreendedorismo Social Juvenil em parceria com o SESC; Projeto da Enel Autonomia Feminina – capacitação das mulheres em maior vulnerabilidade e risco social cursos de manicure e pedicure, design de sobrancelhas e depilação e a Feira de Oportunidades para a Juventude.

O Projeto de Alfabetização para a Maturidade – PALMA também foi um destaque atendendo idosos que não tiveram oportunidade de aprender a ler na juventude.

Fonte:ASCOM 22/07/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui