Portal dos Procurados divulga cartaz nesta sexta-feira, dia 10/07, para ajudar a 118º DP – Araruama – com informações que possam levar a localização e prisão de Eduardo Ferraz, de 39 anos. Ele é um músico conhecido na cidade, e morou nos bairros Parque Hotel e Boa Perna.  

Agentes da distrital fizeram várias tentativas de localizar o acusado, mas por se encontrar em local não sabido, ele já é considerado foragido da Justiça.

Segundo os inquéritos, Eduardo esfregava as mãos nas partes intimas da filha menor de idade, quando este visitava a família, depois que se separou de sua companheira. Isso ocorria toda vez que a mãe da menina não estava em casa. Estes fatos correm no ano de 2016. A mãe da menor chegou a pedir medidas protetivas e chegou a ser acompanhada pelo Conselho Tutelar.

Com a enteada, teria ocorrido quando Eduardo estava morando com sua nova companheira, cujo relacionamento durou pouco por quase 10 anos. Esse caso teria acontecido com sua enteada dos 07 (sete) aos 12 (anos) de idade.

Diante dos fatos e em decisão exarada pela Justiça, em conformidade com Autoridade Policial da 118º DP – Araruama – Delegada Titular Drª Isabelle Conti, foi expedido um mandado de prisão, pelo Juizado Especial Adjunto Criminal da Comarca de Araruama, Nº do Mandado de Prisão: 0000197-95.2017.8.19.0052.01.0001-10, pelo crime de Estupro de Vulnerável (Art. 217-a – Cp) em ambos os casos, com Mandado de Prisão Condenatória, por Acórdão prolatado em 12/11/2019 pela Terceira Câmara Criminal do TJ/RJ, transitado em julgado, foi o réu condenado a 14 anos de reclusão, em regime fechado.

Denuncie pelo WhatsApp da 118a. DP – Tel.: 22 99217-6609.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Eduardo Ferraz, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procuradosrj/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, ou pelo Aplicativo para celular – Disque Denúncia e também pelos aplicativos: https://twitter.com/PProcurados, e https://www.instagram.com/portal.dos.procurados, e em todos os casos  O Anonimato é garantido. 

Todas as informações sobre o caso estarão sendo direcionadas para 118ª DP que está encarregada do caso e do inquérito criminal. 

Redação: IMacae 10/07/2020

Fonte: Portal dos aprocurados.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui