Nove pessoas foram atingidas e quatro morreram.

O Portal dos Procurados divulga nesta sexta-feira, dia 19/06, cartaz para ajudar a 123ª DP e ao 32º Batalhão de Policia Militar, de Macaé, município do Rio de Janeiro, com informações que possam levar a localização e as prisões de Samuel Miranda dos Santos, o Samuca, de 22 anos e Rodrigo Nogueira Gomes, o Cocobongo, de 30. Os dois são considerados foragidos da Justiça. 

Samuca era integrante da facção criminosa Comando Vermelho – CV –  e atuava no tráfico de drogas nas Comunidades da Linha e Morubá, em Macaé-RJ. Em 2019 Samuca trocou de facção e passou a integrar a facção ADA que atua nas Comunidades da Malvinas e Nova Holanda, em Macaé. Na nova facção, dentre as funções que desempenha no tráfico de drogas está à participação em ataques a integrantes da sua antiga facção Comando Vermelho.

Cocobongo é integrante da facção Amigo dos Amigos – ADA – que atua nas comunidades do município de Macaé-RJ. Cocobongo é gerente do tráfico de drogas da Comunidade Novo Horizonte, em Macaé. Na sua ficha criminal, possui várias anotações, por diversos delitos, assim como constam 02 mandados de prisão.

Os dois estão envolvidos a um ataque a comunidade do Carvão, rival ao CV, em janeiro deste ano, onde nove pessoas foram atingidas e quatro pessoas morreram e uma ficou ferida em um tiroteio, na noite da terça-feira (28). Segundo informações, criminosos passaram de carro atirando contra as pessoas que estavam em via pública..

A princípio, o confronto teria sido ocasionado por uma guerra entre facções criminosas. O crime ocorreu na Avenida Principal do morro do Carvão, que fica no bairro Alto dos Cajueiros.

Samuca possui diversas anotações criminais e três mandados de prisão, sendo 2 (dois) pelos crimes de Homicídio Simples (artigo 121), e um pelo crime de Homicídio Simples (artigo 121), C/C Crime Tentado, Sequestro e Cárcere Privado  (artigo 148).

Cocobongo, na sua ficha criminal, possui várias anotações, por diversos delitos, assim como constam 02 mandados de prisão, pelos crimes de Homicídio Simples (artigo 121).

Quem tiver alguma informação sobre a localização dos traficantes Samuca e Cocobongo, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procuradosrj/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia 0300 – 253-1177 ou pelo Aplicativo para celular – Disque Denúncia, ou pelo https://twitter.com/PProcurados (mensagens) – . O Anonimato é garantido. 

Todas as informações sobre o caso estarão sendo enviadas para 123ª DP e para 32º BPM.

DISQUE DENUNCIA DO RIO,

Telefones:

Mesa : (21) – 2203-1177

Celular: (21) 9-9347-2131

Fonte: Portal dos Procurados, 22/06/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui