O número de homicídios no primeiro trimestre deste ano em Macaé sofreu um aumento de 70% em comparação ao ano passado. É o que aponta os dados do Instituto de Segurança Pública do Estado (ISP).  Além da pandemia do novo coronavírus, a população enfrenta também a violência, fruto da invasão de facções criminosas que lutam para dominar os territórios nas comunidades macaenses.

No acumulado deste ano (de janeiro a março), o aumento no número de homicídios chegou a 41 ocorrências, quase o dobro do mesmo período do ano passado, que chegou a 24 assassinatos, ou seja, um aumento de 70% na taxa de homicídios.

Ainda segundo dados do ISP, o mês de março foi um dos mais violentos na cidade, que registrou 23 mortes por arma de fogo, ao contrário dos meses de fevereiro que foram registrados 5 e janeiro 13 casos.

Já no ano passado, o mês de janeiro foram contabilizados apenas 4 casos, fevereiro 14, e março apenas 6 crimes.

As medidas de isolamento social para combater a pandemia do novo coronavírus e a consequente diminuição do fluxo de pessoas nas ruas,  determinadas por decretos do Governo do Estado desde o dia 16 de março, não impediram o aumento do número de homicídios no município

Fonte: Diario. 11/05/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui