A Caixa Econômica Federal afirmou neste sábado (9) que 93% dos mais de 50 milhões de beneficiários que receberam o auxílio emergencial de R$ 600 já movimentaram ao menos uma parte dos recursos.

De acordo com o vice-presidente de varejo do banco, Paulo Henrique Angelo, os números comprovam a grandiosidade da operação realizada. “Em um mês, pagamos mais de 50 milhões de brasileiros. É como comparar que toda população da Espanha ou da Argentina tenha recebido esse auxílio emergencial”, observa ele. 

Angelo destaca que movimentações dos pagamentos são comprovadas pelo saque no Cartão do Cidadão realizado por membros do Bolsa Família, pelas contas bancárias que receberam os montantes e também pelas poupanças digitais cadastradas para quem não tinha conta em banco,Angelo destaca que movimentações dos pagamentos são comprovadas pelo saque no Cartão do Cidadão realizado por membros do Bolsa Família, pelas contas bancárias que receberam os montantes e também pelas poupanças digitais cadastradas para quem não tinha conta em banco.

Somente entre os desbancarizados, o número de pagamentos supera os 20,3 milhões. O volume de pagamentos supera a estimativa inicial do banco de pagar 18,5 milhões de pessoas sem conta bancária.

A maioria dos presentes nessa relação (8,2 milhões) optou pela transferência entre contas da Caixa. Outros 6,9 milhões preferiram realizar o saque do montante e 4,1 milhões efetuaram transferências DOC ou TED para outros bancos.

Há ainda 466 mil que utilizaram o auxílio para o pagamento de concessionárias e 460 mil que usaram o dinheiro para quitar boletos. A opção pelo recebimento do montante em cartões de débito da bandeira Elo foi aceita por quase 50 mil.

Fonte: R7, 09/05/2020

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui