A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) que investiga irregularidades na medição do consumo de água pelos hidrômetros da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae) vai debater com a empresa a concessão de tarifa social e a qualidade dos serviços prestados. A audiência pública está marcada para esta quinta-feira (08/08), às 13h, na sala 311 do Palácio Tiradentes.

O presidente da comissão, deputado Jorge Felippe Neto (PSD), disse que irá contestar as empresas sobre o benefício da Tarifa Social, que não tem sido respeitado, bem como a modernização dos hidrômetros e a eficiência dos serviços. “Propus a CPI pela absurda possibilidade da população estar pagando ar ao invés de água. Como nem nas audiências, nem no teste de laboratório ficou comprovada a eficácia da medição, propus que fizéssemos os testes direto na casa dos consumidores. É um serviço essencial, caro e que precisa ser bem prestado pela empresa”, explicou o parlamentar.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui