Pela 8ª Copa dos Veteranos Urbis III, realizada no último domingo (28), na Rua do Catu, o time R10 bateu o 147 por 4 a 1 e levou o título para casa.

Foto: Roberto Fonseca

A inciativa da Liga São Mateus conta com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), que aposta nos campeonatos de bairro, no fortalecimento das ligas da comunidade, no fomento a práticas esportivas e no incentivo ao futebol amador como formas de impactar positivamente não apenas na qualidade de vida, mas na sociabilidade, na construção de valores, na disciplina, na responsabilidade individual e no senso de coletividade dos envolvidos.

“Todos os empresários, políticos, e todos aqueles que gostam do esporte deveriam valorizar o esporte amador, porque do esporte amador podem surgir vários campeões, vários atletas, exemplos para muitos jovens, então é uma honra receber esse troféu. Quero agradecer à Prefeitura, à SECET, por esse apoio às equipes. A R10 fica muito grata por esse convite de Pingo. Todos que participaram estão de parabéns”, relatou o jogador Reinaldo Santos Fagundes, conhecido como “Rena”, que levou o troféu de artilheiro da Copa dos Veteranos.

Foto: Roberto Fonseca

Segundo ele, o apoio é fundamental não apenas para quem deseja seguir carreira profissional no esporte, mas também para quem busca, na atividade, uma forma de compartilhamento e socialização.

“Começamos dia 14 de abril, então são 3 meses e 15 dias de campeonato. A Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e o prefeito Joaquim Neto vêm fazendo um belíssimo trabalho com os campeonatos amadores de Alagoinhas. Estou satisfeito com a excelente Copa, que agrega muitos torcedores, pais e mães de família, todo mundo se divertindo”, ressaltou o presidente da Liga São Mateus, Normando Fernandes Santana, o “Pingo”, que aproveitou também para agradecer ao apoio da Comissão da Liga, formada majoritariamente por representações femininas no esporte.
Prestigiando as disputas finais da Copa, o prefeito Joaquim Neto, entregou, neste domingo, o troféu e a premiação ao time R10, campeão deste ano, e salientou a importância do esporte enquanto ferramenta de transformação social.

Foto: Roberto Fonseca

“O esporte mobiliza, educa, provoca, inclui. Eu sou desportista e sei que dentro de campo construímos grandes amizades. Então a partida não é apenas uma disputa, uma competição por superioridade, pelo contrário; com o esporte, a gente ganha, a gente perde, a gente faz de novo, une energias. É um ganho para a saúde, mas também é um avanço em disciplina, em força de vontade, em superação. O esporte tira das drogas, ajuda na educação dentro de casa. Então essas ligas, tradicionais, nas comunidades, não são apenas uma forma importante de entretenimento, como também promovem encontros, desenvolvimento, ressocialização e impacto social através do esporte. Vamos manter a tradição das ligas e incentivar os nossos atletas”, ressaltou o prefeito Joaquim Neto.

Foto: Roberto Fonseca

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), é acreditando no esporte enquanto potencial de transformação que a gestão tem investido não apenas no futebol amador junto às ligas de bairro, mas também em atividades de iniciação esportiva para crianças e adolescentes, em práticas esportivas coletivas nas comunidades, nos lares de idosos e instituições, e na requalificação de equipamentos públicos de esporte e lazer.

“Quantos campeonatos acontecem na zona urbana e na zona rural? Quantos times participam? Quantas pessoas se envolvem? Quanto trabalho social é realizado? Quanta gente se beneficia disso? E quantas pessoas, ao invés de se entregarem às drogas, assumem o esporte e, por assumirem o esporte, começam a cuidar da saúde? Isso sem contar o encontro que se dá, o clima de fraternidade que se estabelece, a socialização entre as várias equipes, a inclusão. É um trabalho bonito como esse, que acontece aqui, com as pessoas torcendo, participando, vibrando, que precisamos fortalecer”, enfatizou professora Iraci Gama, vice-prefeita e secretária municipal de Cultura, Esporte e Turismo, sobre os impactos positivos da valorização de práticas esportivas no âmbito municipal.

Foto: Roberto Fonseca

O prefeito Joaquim Neto acrescentou que os países mais desenvolvidos do mundo apostam em modelos qualificados de integração entre esporte e educação, investindo em seus atletas. Segundo o gestor, é com foco na valorização das práticas esportivas e na democratização ao acesso ao esporte e lazer em Alagoinhas que a SECET tem trabalhado.

A 8ª Copa dos Veteranos contou com emenda do vereador Luciano Sérgio, que destacou a importância dos campeonatos amadores e das competições locais no município.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui