Foto: Reprodução

Em uma rápida ação da Polícia Civil com apoio da PM frustrou uma tentativa de fuga de presos na 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), no município de Alagoinhas (BA) no início da madrugada de quarta-feira, 23 de janeiro.

Segundo um agente da Civil, o fato aconteceu por volta da 0h. Ele conta que em uma situação normal de ronda, subiu na parte superior da carceragem, ouviu um barulho entre os detentos.

“Em seguida pedi apoio a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram entraram na ala E, onde foi constatado na última cela uma barra de ferro serrada, e no lugar quando os colegas puxaram, a barra de ferro se desprendeu da grade”, cita o investigador.

De acordo com a ocorrência, quatro detentos oriundos do município de Entre Rios custodiados na unidade, foram distribuídos em outras celas impedindo a fuga.

É impressionante a passividade do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) com relação a situação vergonhosa da 2ª Coorpin em Alagoinhas.

A unidade já registrou diversas fugas, agentes trabalham com boa vontade, porém de forma desumana com o prédio deteriorado.

O Ministério Público (MP-BA) pediu a justiça no mês de agosto de 2017 a interdição da carceragem de Alagoinhas, mas nem o Ministério Público nem o Tribunal de Justiça tomam um providências. Será preciso uma tragédia para uma atitude ser tomada?

Fonte: Luciano Reis Notícias

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui